Blog do projeto Travessias

A exposição Travessias – Arte Contemporânea na Maré, em seu terceiro ano de atividades, consolidou-se como um projeto de reflexão e discussão sobre a arte contemporânea e as transformações do espaço urbano na atualidade. Travessias 3 – Arte Contemporânea na Maré fica aberta ao público até o dia 16 de novembro no Galpão Bela Maré, localizado na Favela Nova Holanda, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Com organização do artista plástico carioca Daniel Senise, a Travessias 3 reúne trabalhos inéditos e de acervo dos artistas Barrão, Dora Longo Bahia, Sandra Kogut, Mauro Restiffe, Jonathas de Andrade, Cao Guimarães, Luiz Zerbini e dos fotógrafos do Imagens do Povo, programa realizado pelo Observatório de Favelas.“ Partimos do nome do projeto, Travessias, que sugere integração, para convidar artistas cujas obras têm a possibilidade de criar relações com o local onde serão expostas.

Desde sua primeira edição o Travessias vem experimentando e aprimorando metodologias de aproximação e comunicação pelas artes visuais, em formatos de exposições diferentes uns dos outros. A sua proposta é única no panorama da arte do Brasil, sendo um laboratório estético, afetivo e sensorial aberto ao público mais diverso. Travessias acontece em uma zona de exclusão social e extrema violência urbana, e sua meta fundamental é construir olhares sensíveis e saberes múltiplos através de inciativas artísticas contemporâneas.

Eduardo-Magalhães-I-Hate-Flash-26
Visão geral da exposição com projeção do núcleo de fotógrafos da Maré, Imagens do Povo. Imagem: Eduardo Magalhâes.

http://2014.travessias.org.br/blog/

Artista vende anúncio em Outdoor instalado dentro de Centro Cultural

Na sua individual no Santander Cultural de Porto Alegre, intitulada “Seu lugar é Aqui, Seu momento é agora”, o artista gaúcho Daniel Escobar comenta em várias instâncias o modo operacional da publicidade, com suas táticas de manipulação dos desejos individuais e coletivos. Iniciando com um comentário sobre a especulação imobiliária, o artista se aprofundou no fascinante mundo fictício da propaganda e resolveu ele próprio orquestrar uma operação comercial publicitária dentro da exposição. Assim, instalou um outdoor de 9m x 2,80 m  para alugá-lo por temporadas, enquanto a mostra estiver em cartaz. “Anuncie Aqui” é o nome do projeto, e abaixo segue o teaser de promoção do negócio. Uma rara oportunidade para pessoas exigentes que buscam a atenção de um público VIP…

Exposição “Seu lugar é Aqui, Seu momento é agora” de Daniel Escobar
Curadoria Daniela Labra

Transnational Dialogues 2014 – Europe China Brazil

Para quem tem entre 21-35 anos:

Call for Participants to Join Transnational Dialogues 2014 – Europe China Brazil

You can now apply to join Transnational Dialogues 2014, through which you could be exposed to some of the most interesting cultural and social figures and institutions from Europe, China and Brazil, taking part in research caravans, networking activities, and working together with young creatives from the three continents.

Started in 2011 by European Alternatives, Transnational Dialogues facilitates artists, creatives, professionals, intellectuals and writers from different continents to come together for a series of exchanges and co-productions in both physical form and online. The platform promotes sharing of information, networking, and conceptual collaboration between individuals and organisations working in a variety of disciplines transnationally, and offers a trampoline for future collaborations and initiatives.

In 2014, Transnational Dialogues: Change Utopia will bring forward a specific collaboration between Europe, China and Brazil, coordinating young creatives from the three continents to reflect and create together in a year-long process of networked-production, a multilayered exchange and mix of virtual collaboration, meetings, seminars and research caravans that outline a new transnational model of cross-mediatic and cross-national production.

We are now accepting applications on a rolling basis until the places are filled or in any case no later than Friday 22nd November 2013.

http://www.transnationaldialogues.eu/news/2013/call-for-participants-to-join-transnational-dialogues-2014-europe-china-brazil/

¨A Revoluçao não Será Televisionada¨ 10 anos

Em 2013 comemoramos 1 década da série de anti-programas de TV, ¨A Revoluçao não Será Televisionada¨, realizada com direção geral de Daniel Lima, junto com equipe formada por Fernando Coster (edição), André Montenegro (edição e produção) e Daniela Labra (pesquisa e redação). Aqui segue uma edição de 13 minutos do primeiro programa, que durava 26 minutos e foi transmitido pela UTV, em São Paulo. O título da série é uma referência ao poema homônimo de Gil Scott Heron, poeta, compositor e intérprete ativista negro norte-americano, atuante nos anos 1960-70.

¨La cultura no es una industria¨- Entrevista com Manuel Borja-Villel, diretor do Museu Reina Sofía, Madrid.

¿Cómo saldrán parados los museos de esta situación económica?
Pasamos por una crisis de los modelos, donde la hegemonía de los mercados es absoluta. Los museos han reaccionado hacia una espectacularización de las ideas, con un marcado perfil mediático. La TATE es la más mediática de todas. La obra se ha convertido en un bien de intercambio. Su uso consiste exclusivamente en el consumo y si contribuye a algo es quizás a que seamos mejores consumidores, pero no mejores ciudadanos. Este es el riesgo que corremos los museos en la actualidad. Pasamos por un momento en el que hemos de elegir qué queremos hacer y qué no queremos hacer. No podemos olvidar que un museo es importante por su colección porque la historia es ahora más importante que nunca. Aquella idea de la posmodernidad en la que todo flotaba y existía una amnesia del mundo presente hay que contrastarla con la historia. También es fundamental entender que el arte y la cultura son un conocimiento que nos afecta diría que a nivel de piel, capaz de generar afectos y comunidades.

¿Cuál es la función de los museos?
Su función ha cambiado respecto a la que tuvieron cuando surgieron en el siglo XVIII. La función del museo, en un momento en que el mercado y las industrias de la comunicación son tan poderosos es generar espacios de resistencia, libertad y conocimiento. Para ello encuentro importante que sepamos articular tres elementos que a menudo han permanecido en ámbitos separados: la obra, la documentación (información) y la comunidad.

Segue em http://www.elconfidencial.com/cultura/2013/03/11/ldquola-cultura-no-es-una-industriardquo-116533/

Survival Kit Festival/Umeå/Sweden

Survival Kit/Umeå convida artistas de todas as quebradas do mundo para se inscreverem no Survival Kit Festival, que irá acontecer na cidade de Umea e seus arredores, de 20 de Setembro a 19 de Outubro de 2014. Procura-se artistas cujo trabalho responda às questões da “sobrevivência” em todas as suas distintas percepções. São bem-vindas perspectivas novas ou revisadas; e visões, questões, soluções inovadoras e outras, que sejam provocativas e engajadas, utópicas e progressistas.

http://www.survivalkitfestival.se/

> > >
Survival Kit/Umeå invites artists from all corners of the world to apply for the Survival Kit Festival which will take place in Umeå city and its surroundings from 20th September to 19th October, 2014. A jury consisting of representatives of the hosting organisations will select approximately 30 artists.

THEMES and DIRECTIVES
Humanity faces huge difficulties; our future seems to be less predictable and more complex than ever. The climate is changing, ecological, economical and societal systems are on the verge of collapse. Where are we heading? What do we need? What might happen? What should happen?

We are searching for artists whose work attends to the question of survival in all its different perceptions. We welcome new or renewed perspectives; provocative and engaging, utopian and progressive, visions, questions, innovative solutions and more. The works we are searching for considers the world at large, and/or the local circumstances.
They might be collaborative or individual, modest proposals or grand statements.

You may apply with a previous work or with something completely new, which can be produced on site and in any media.
Details about practicalities such as exhibition venues, is onstantly updated and made available at:

www.survivalkitfestival.se