Cursos Online Maio-Junho

Teresa Margolles. Serie AM/PM.

Arte Fora do Cubo

Os encontros discutem práticas artísticas contemporâneas, instauradas desde o final dos anos 1950, que lidam com o limite das regras da instituição cultural, da galeria de arte ou das narrativas oficiais da história da arte eurocêntrica. Abordaremos práticas que re-significam contextos e espaços não-usuais para a arte, e/ou que também negociam com o aparelho institucional e sua tendência a engessar e direcionar o projeto do artista.

A série de cinco encontros apresenta curadorias, obras e propostas coletivas ou individuais que compreendem a experiência estética como possibilidade para levantar questões críticas de ordem social, política, ética e outras.

Artistas e coletivos abordados: Robert Rauschenberg, Hans Haacke, Daniel Buren, Doris Salcedo, Joseph Beuys, Gordon Matta-Clark, 3 nós 3, Fluxus, Paulo Bruscky, Banksy, Daniel Escobar, Jenny Holzer, Guerrilla Girls, Santiago Sierra, Francis Alys, Alfredo Jaar, Maria Thereza Alves, Coco Fusco, Hélio Oiticica, Pussy Riot e outros.

Quando:
De 22 de Maio a 12 de Junho.
Terças, das 10h às 12h (Horário de Brasília)

Valor: R$ 150,00

>>>>>>

Performance, performático, peformatividade – ação e persona além da obra ao vivo.

Este curso se debruça sobre a legitimação da arte da performance como uma linguagem artística da metade do Século XX. Hoje, com espaço garantido na lista de disciplinas e práticas artísticas, a arte de ação integra uma rede de arte institucionalizada, em parte voltada para investidas mercadológicas e espetaculares, embora sua capacidade de causar fricções no real e impulsionar debates na sociedade ainda seja latente. As aulas tem viés histórico e teórico, e também analisam como as noções de “performático” ou “performatividade” estão presentes em obras que não são apenas o ato ao vivo.

Artistas de referência: Antonin Artaud, Dadaístas, Neoconcretistas, Wiener Aktionismus, Yoko Ono, Nam June Paik, Leticia Parente, Regina José Galindo, Maria Tereza Alves, Robert Morris, Sam Hsieh, Movimento de Arte Pornô, Annie Sprinkle, Joseph Beuys, Tania Bruguera, Ana Mendieta, Zach Blas, Mari Katayama, entre outros.

Quintas das 10am-12pm (Horário de Brasília)
Início: 24 de Maio
Término: 14 de Junho

Valor: R$ 150,00

Plataforma digital: Hangouts

Incrições e info_ artesquema @ artesquema . com

Artista vende anúncio em Outdoor instalado dentro de Centro Cultural

Na sua individual no Santander Cultural de Porto Alegre, intitulada “Seu lugar é Aqui, Seu momento é agora”, o artista gaúcho Daniel Escobar comenta em várias instâncias o modo operacional da publicidade, com suas táticas de manipulação dos desejos individuais e coletivos. Iniciando com um comentário sobre a especulação imobiliária, o artista se aprofundou no fascinante mundo fictício da propaganda e resolveu ele próprio orquestrar uma operação comercial publicitária dentro da exposição. Assim, instalou um outdoor de 9m x 2,80 m  para alugá-lo por temporadas, enquanto a mostra estiver em cartaz. “Anuncie Aqui” é o nome do projeto, e abaixo segue o teaser de promoção do negócio. Uma rara oportunidade para pessoas exigentes que buscam a atenção de um público VIP…

Exposição “Seu lugar é Aqui, Seu momento é agora” de Daniel Escobar
Curadoria Daniela Labra

Fresh Milk, Barbados, oferece residência

22_fresh-milk-studio

A plataforma independente Fresh Milk, localizada em Barbados, procura promover a arte contemporânea do Caribe em relação a realizadores de todas as partes do mundo. Com instalações muito aconchegantes, é uma das residências mais interessantes do arquipélago caribenho. Atualmente estão abertas inscrições para residências de no mínimo 4 semanas, pagas pelo participante.

Mais info: http://freshmilkbarbados.com/international-residency-opportunity/

Nem situacionismo, nem psicogeografia

Discutir se algo é ou não obra de arte, virou uma coisa muito careta… Obra de arte, acredito ser aquilo que se enquadra numa determinada tradição da história da arte. O que mudou hoje? Os termos, o fazer artístico ou as obras? Tudo mudou? Mas se uma penca de gente acha que o sistema das artes já era pois está vendido ao capitalismo, por que então ainda devemos clamar por uma arte “verdadeira”, “especial”? Isso faziam os críticos modernos… Chamar algo de obra de arte é entrar no jogo do sistema da arte – do qual, profissionalmente, faço parte. Aí eu indico este blog cheio de obras de arte, sem culpa de fazer parte do sistema, e muito originais. Um recado para Sérgio Franco: quando o grafite entra na galeria, ele deixa de ser grafite… weblog.bezembinder.nl/Frameset.htm

Situacionismo, arte, vida, psicogeografia, rizoma, etc

Ainda que tais temas venham sendo exaustivamente discutidos, esste site tem bastante informação teórica sobre ações, derivas e zonas autônomas. Já perdeu a novidade, mas a bibliografia e links oferecidos sobre arte e filosofia contemporânea é o que ele tem de melhor. Cuidado apenas com o excesso de live apropriações conceituais (não apenas observado aqui). Uma palavra bonita e complicada pode ter o significado que o palestrante quiser, e não ser absolutamente nada…
El Despertador