Nem situacionismo, nem psicogeografia

Discutir se algo é ou não obra de arte, virou uma coisa muito careta… Obra de arte, acredito ser aquilo que se enquadra numa determinada tradição da história da arte. O que mudou hoje? Os termos, o fazer artístico ou as obras? Tudo mudou? Mas se uma penca de gente acha que o sistema das artes já era pois está vendido ao capitalismo, por que então ainda devemos clamar por uma arte “verdadeira”, “especial”? Isso faziam os críticos modernos… Chamar algo de obra de arte é entrar no jogo do sistema da arte – do qual, profissionalmente, faço parte. Aí eu indico este blog cheio de obras de arte, sem culpa de fazer parte do sistema, e muito originais. Um recado para Sérgio Franco: quando o grafite entra na galeria, ele deixa de ser grafite… weblog.bezembinder.nl/Frameset.htm

Situacionismo, arte, vida, psicogeografia, rizoma, etc

Ainda que tais temas venham sendo exaustivamente discutidos, esste site tem bastante informação teórica sobre ações, derivas e zonas autônomas. Já perdeu a novidade, mas a bibliografia e links oferecidos sobre arte e filosofia contemporânea é o que ele tem de melhor. Cuidado apenas com o excesso de live apropriações conceituais (não apenas observado aqui). Uma palavra bonita e complicada pode ter o significado que o palestrante quiser, e não ser absolutamente nada…
El Despertador

Residência de artistas na longínqua Austrália

O Gertrude Contemporary Art Spaces só tem vagas para 2007, mas vale a pena se organizar para passar uma temporada na Austrália, antes que sejamos muito idosos para isso…

Organizações artísticas

Na noite de terça feira, dia 8 de novembro de 2005, participei de caloroso debate sobre Coletivos de artistas, junto com Flávia Vivacqua, em evento organizado pela Funarte SP. Minha fala abordou 3 organizações de artistas e uma de curadores, que angariam fundos de diversas formas para seus projetos, e muitas vezes funcionam como associações que realizam exposições e publicações de seus membros. Seguem os links abaixo, e jogo uma pergunta que tenho me feito demais: não entendo por que uma ação política feita por artistas é necessariamente uma ação artística…

Os sites apresentados em minha fala foram:
www.supersudaca.org
www.curatingdegreezero.org
www.ngbk.de
www.muu.fi

Som e Imagem

Estão abertas inscrições para um workshop/ residência para artistas visuais e artistas sonoros no projeto Interact 2006, que acontecerá na Dinamarca ano que vem. O fee é pequeno mas quem sabe o MINC não te dá a passagem…??? Visite o site.

De Volta da Finlândia

Após 1 mês numa residência para curadores na Finlândia, volto cheia de links e dicas sobre produção de arte e oportunidades na Escandinávia. Dois links básicos para retomar as atividades deste blog são: Frame – Fundação para Intercâmbio em Artes Visuais
e o belo site do NIFCA – Nordic Institute for Contemporary Art. É possível conhecer a produção contemporânea da Finlândia e de outros países nórdicos, assim como saber de programas de residências em Helsinki. Boa sorte.